ASPECTOS GEOGRÁFICOS

Mato Grosso, integrando a Região Centro Oeste e a Amazônia Legal, é o terceiro estado em dimensão territorial do Brasil, com uma área de 906.806,9 Km2 de extensão, situando-se entre o Estados do Amazonas e do Pará, ao Norte; Goiás e Tocantins, ao Leste; Mato Grosso do Sul, ao Sul, a Bolívia e o Estado de Rondônia, ao Oeste.

O relevo é pouco acidentado, destacando-se o planalto mato-grossense, um conjunto de grandes chapadas, com altitudes entre 400 e 800m, amplamente favorável à exploração das atividades de pecuária e agricultura mecanizadas.

O território mato-grossense é formado basicamente pelos seguintes ecossistemas:

O Pantanal, que cobre aproximadamente 10% do território, tem altitude média de 150 metros e abriga inúmeras espécies de animais e plantas, constituindo-se maior santuário ecológico do planeta;

O Cerrado, que cobre aproximadamente 40% da área física do Estado, tem altitude média de 600 metros;

A Floresta Equatorial Amazônica que responde por aproximadamente 50% do território, com altitude média de 500 metros é riquíssima em fauna e flora.

O Pantanal e parte dos cerrados pertencem à Bacia Platina, enquanto que a Floresta Equatorial e a outra parte dos cerrados pertencem à Bacia Amazônica.
A temperatura em Mato Grosso é elevada durante todo o ano, com médias anuais acima de 26 graus centígrados e o clima é tropical superúmido, típico da região amazônica. O índice de chuvas também é alto: 2.000mm anuais.

O clima de Mato Grosso é apropriado a diversas culturas, dado o alto grau de insolação e regularidade das chuvas.

4.2 - ASPECTOS ECONÔMICOS


4.2.1 - PRODUTO INTERNO BRUTO - PIB

A economia mato-grossense vem, nos últimos anos, registrando taxas expressivas de crescimento do
PIB - Produto Interno Bruto - e bem mais elevadas do que a média nacional, conforme demonstramos no quadro seguinte:

O montante do PIB nacional e do Estado de Mato Grosso, em valores absolutos e per-capita, pode ser visualizado como se segue:

4.2.2 - CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

O consumo de energia elétrica no Estado vem registrando também taxas elevadas de crescimento nos últimos anos, conforme se discrimina:

O consumo de energia elétrica no Estado registrou um crescimento de 53,94% no período 1994/98, com média anual de 13,49% sendo bastante significativa e maior do que a média nacional no período considerado.

O crescimento do número de consumidores foi de 22,78% com média anual de 5,7% também representativa.

A distribuição do consumo por atividades em 1998 pode ser assim visualizada:

A distribuição do número de consumidores de energia elétrica por atividades em 1998 pode ser assim visualizada:

4.2.3- GERAÇÃO DE ICMS

A arrecadação de ICMS por atividade econômica no período 1996/98 teve o seguinte desempenho:

4.2.4 - EXPORTAÇÕES

O desempenho da economia mato-grossense no comércio internacional nos últimos anos pode ser assim visualizado

A pauta das exportações do Estado em 1998 estava assim constituída:

Os produtos dos complexos soja e carnes lideram as exportações do Estado com 91,47% do valor total exportado em 1998.

As exportações por blocos econômicos em 1998, podem ser assim discriminadas:

O Estado ocupa a 10ª posição no ranking nacional e a 1ª na Região Centro-Oeste em relação às transações com o exterior. A União Européia, os Estados Unidos e a Ásia constituem os mercados de destino das exporta&